Viagens

Road trip pós quarentena – Dicas para viajar de carro em segurança

tabea-damm-9-xfYKAI6ZI-unsplash

Em meio a este longo processo de adaptações no mundo pós Covid-19, planejar uma viagem de carro para os destinos mais próximos será com certeza a melhor fuga para relaxar e curtir com um pouco mais de tranquilidade alguns dias de férias. Essa será com certeza uma das alternativas mais seguras para quando as coisas começarem a voltar ao normal, ou melhor, ao “novo normal”.

Confira algumas dicas para uma viagem de carro tranquila e inesquecível:

 

Melhor época

Para um maior conforto, estações como primavera e outono podem ser o momento ideal. Nesses são períodos os preços tendem a ser mais baratos e a aglomeração de pessoas, menor.

Também é preciso saber a hora certa para iniciar a viagem, evitando trânsito ou longos períodos dirigindo no escuro. É recomendado começar cedo, antes das 7h; ou à tarde, entre 13h e 16h. Se dirigir à noite não for problema, pegar a estrada após às 20h evita engarrafamentos

GPS X Mapa

O GPS é muito prático, no entanto, nem sempre é confiável. Se sua intenção for explorar passagens desconhecidas, o ideal é comprar um tradicional mapa da região. O mapa nunca falha ou fica sem sinal.

Para quem ainda prefere a segurança da tecnologia, há inúmeros aplicativos que podem informar a rota mais rápida, mais bonita, mais simples e a mais barata.

Alguns Aplicativos:

Google Maps, ideal para traçar rotas de acordo com a sua preferência, ou seja, pegando auto-estrada ou não, além de traçar inúmeras paradas até o destino final;

Waze, que traça a rota, mostra o trânsito, a qualidade da estrada, possíveis acidentes e, até mesmo, a presença de radares e polícia rodoviária;

WikiRota, que calcula os pedágios, a distância até o destino e o tempo restante, além disso, ele prevê o valor do percurso;

CCR Rodovias, que fornece informações sobre os estados das estradas e do trânsito;

EcoRodovias, que além de informações sobre as estradas, o aplicativo mostra os pedágios da sua rota, os locais de descansos e os postos de polícia rodoviárias.

Viajem com bebê

Apesar dos desafios, viajar de carro com bebê pode ser uma experiência incrível. Se seu bebê for recém-nascido, é recomendável esperar um pouco. Não há nada na lei de trânsito brasileira que proíba a viagem de recém-nascidos, no entanto, os cuidados que eles demandam nem sempre podem ser adaptados à estrada. Por isso o ideal seria viajar com uma criança de no mínimo 4 meses de idade, já com todas as vacinas em dia. A partir disso, algumas recomendações são:

Utilizar cadeirinha: os bebês devem ser transportados em dispositivos de retenção (bebê-conforto ou cadeirinhas) dentro do carro, previsto por lei;

Regular a temperatura: a temperatura ideal para os bebês é entre 23 ºC e 25 ºC;

Alimentação: é preciso estipular paradas para alimentar o bebê, além de prever sacolas térmicas para manter a papinha sempre fresca;

Kit de primeiros socorros: item essencial de qualquer viagem, o kit de primeiros socorros precisa estar adaptado aos bebês.

Viajar  com pet

Quem tem pet sabe: eles são membros da família! Mas antes de embarcar preciso seguir alguns cuidados:

É proibido carregar animais no colo, no banco da frente, com a cabeça para fora da janela e solto dentro do carro. Por isso, é preciso encontrar um equipamento apropriado para transportá-lo, seja ele o cinto de segurança, caixa de transporte ou cadeirinha;

É obrigatório identificar o pet com uma coleira com o número do RG do animal;

A carteira de vacinação do pet precisa estar em dia antes de iniciar a viagem;

Não se esqueça de planejar as paradas para que o seu pet se alivie na estrada;

Para não ser pego de surpresa, leve o seu amiguinho em uma consulta com o veterinário para verificar seu estado de saúde do seu pet. O veterinário também pode prescrever medicamentos para eventuais incidentes.

Além disso, para viagens pós COVID-19, a higienização é essencial: Muna-se de luvas, máscaras, álcool 70 e outros, sempre tomando maior cuidado ao circular em áreas comuns de restaurantes, paradas na estrada, hotéis e pousadas. Todo cuidado é pouco e o LeBlog recomenda que o isolamento seja cumprido conforme as recomendações das autoridades de saúde.

Faça sempre um seguro viagem

Viajar de carro também nos deixa vulneráveis à imprevistos. Se o seu objetivo é percorrer as estradas brasileiras, é obrigatório estar com o seguro do carro em dia. Já para quem for explorar rotas  da América do Sul, é bom providenciar um seguro específico, além do seguro do carro internacional.

Seguros para viajar de carro na América do Sul:

Carta Verde: para viajar pelos países do Mercosul (Argentina, Uruguai e Paraguai), é necessário contratar o seguro Carta Verde que cobre os danos que o seu veículo causou em terceiros;

SOAPEX: o Chile exige a contratação do SOAPEX para cobrir os custos com danos do motoristas e passageiros, além de terceiros;

SOAT: caso o seu destino é a Bolívia ou o Peru, é obrigatório a contratação do SOAT que, assim como a Carta Verde, cobre os danos causados em terceiros residentes locais desses países.

Viaje em segurança!

Para mais dicas especiais de quarentena clique aqui.