Bem Estar Cuide-se por Hospital Santa Paula

Dicas de saúde – Perguntas e respostas sobre o Covid-19

jasmin-sessler-B3udZJY5JWA-unsplash

Muitas notícias e informações tem circulado sobre o novo Coronavírus. Tantas que até fica difícil saber no que acreditar, não é mesmo? Por isso na coluna de saúde de hoje aqui do LeBlog, compartilhamos informações seguras da equipe da Infectologia da Rede Ímpar, da qual o Hospital Santa Paula faz parte. São algumas perguntas e respostas para esclarecer dúvidas sobre a doença, sintomas, formas de tratamento e transmissão:

Qual a probabilidade de uma pessoa ser infectada pelo novo coronavírus?
A probabilidade de contrair a doença pelo Coronavírus depende do risco de exposição ao vírus. Atualmente o risco de infecção é maior onde várias pessoas foram diagnosticadas com a COVID-19. No Brasil há casos confirmados de transmissão local. A chance de contágio depende do contato com o vírus, sendo maior em locais onde o vírus tem maior circulação. É importante ficar atento às recomendações da OMS para sua área.

Caso tenha contato com alguém que esteve nos países que registraram a doença, o que devo fazer?
Se você não tiver sintomas (febre cansaço e tosse seca são os mais comuns), não precisa ir ao pronto-socorro. A coleta de exames de pacientes sem sintomas é desnecessário, pois dificilmente o vírus é detectado em pacientes assintomáticos.

Devo fazer um exame De teste para o novo coronavírus?
O teste para o coronavírus está indicado apenas se você apresentar os sintomas (febre e tosse), se voltou de viagem internacional nos últimos 14 dias de algum dos países que já registraram casos de Coronavírus ou se teve contato com algum suspeito/confirmado nos últimos 14 dias. O exame específico, que detecta a presença do novo coronavírus, é chamado de PCR, e seu resultado não fica pronto no mesmo dia. Evite procurar o pronto-socorro desnecessariamente.

Tenho viagem programada para um país que confirmou casos da doença. O que devo fazer?
Se for possível o mais indicado é adiar. Caso não, tenha mais precaução: reforça higiene das mãos, evite comer ações e siga recomendações gerais de proteção.

Os antibióticos são eficazes para a prevenção ou tratamento do coronavírus?
Não. A Covid-19 é causada por um vírus, e os antibióticos não funciona contra vírus, apenas contra bactérias.
Já existe vacina disponível para prevenção?
Ainda não. Vacinas estão sendo desenvolvidas e testadas.

A pessoas que tem maior risco de desenvolver a doença?
O risco de desenvolver a doença é similar para todas as pessoas expostas. Os mais jovens e saudáveis apresentarão um quadro similar a um resfriado, porém, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes (pressão alta, doenças cardíacas ou diabetes) podem desenvolver doenças graves com mais frequência do que outros.

As pessoas devem usar máscara para se proteger?
O uso da máscara cirúrgica é indicado apenas para quem apresentar os sintomas da COVID-19 ou para quem cuida de pessoas com sintomas, principalmente para os profissionais da saúde.

Produtos comprados pela internet de países com a doença podem trazer o vírus?
Não. A probabilidade de uma pessoa infectada contaminar mercadorias é  baixa e o risco de pegar o vírus que causa a COVID-19 em um pacote que foi transportado e exposto a diferentes condições de temperatura também abaixo.

Quanto tempo o vírus sobrevive nas superfícies?
Não se sabe ao certo, mas ele parece se comportar como outros Coronavírus: sobrevive na superfícies por algumas horas. Isso pode variar sob diferentes condições, como o tipo de superfície, a temperatura ou a umidade do ambiente. Se suspeitar que alguma superfície possa estar infectada, use um desinfetante simples. E higienize as mãos com álcool gel a 70% ou água e sabão.

Existe algo que não deva fazer?
Se você não apresenta sintomas, evite ir ao pronto-socorro. Não fume, não tome remédios tradicionais à base de plantas, não utilize máscaras à toa, não se medique, principalmente com antibióticos. Não entre em pânico. Se tiver dúvidas, atualize-se! A melhor forma de prevenção é por meio da boa informação.
Fontes: Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde e os infectologista da rede impor doutores Matias Salomão e André Bon.

Pra mais informações sobre esse assunto, visite o site do Hospital Santa Paula.

Para mais dicas de saúde e bem-estar, clique aqui.

Vídeos

Patrícia Mattos

Criou o LeBlog em 2010 especialmente pra quem busca dicas de viagens, gastronomia, lifestyle, moda, beleza e pontos de charme pelo mundo. Hoje, dedica seu tempo integralmente para descobrir o mundo, visitar novos lugares e compartilhar todas as suas dicas e experiências aqui e em suas redes sociais.

Copyright © 2020 Leblog. Todos os direitos reservados Logo Elav