Brasil Canadá Chile Estados Unidos Nova Zelândia Viagens Viagens de aventura

Natureza – 11 Parques Nacionais de tirar o fôlego

Tenaya Lake

Para quem ama a natureza assim como nós, resolvemos trazer dicas incríveis de parques nacionais espalhados pelo mundo afora! São florestas, rios, vales, montanhas nevadas, penhascos, formações rochosas, vulcões e desertos que encantam os viajantes, principalmente por serem diferentes de tudo o que se está acostumado a ver nas grandes cidades. Nada como apreciar uma bela paisagem natural construída pelo tempo, sem interferência do homem não é mesmo? Por isso, conversamos com a Abreu, empresa especialista em levar viajantes a diversos destinos incríveis e ela nos recomendou alguns parques nacionais imperdíveis para conhecer em diferentes países.

Muitos destes lugares são hoje área protegida, o que significa que os turistas tem uma certa estrutura para desfrutar do lugar, mas respeitando as normas e respeitando o local.

Voilà…

Parque Nacional Fiordland – Nova Zelândia

Situado na Ilha Sul da Nova Zelândia, reúne montanhas nevadas, florestas, fiordes, lagos, rios e cachoeiras. Com mais de 1,2 milhão de hectares, oferece opções de passeios para qualquer amante da natureza. Quem curte explorar os lugares com os próprios pés pode percorrer algumas das trilhas que cortam o parque; já quem prefere passeios tranquilos e confortáveis pode fazer um cruzeiro por algum dos lagos; também é possível andar de caiaque, desbravar cavernas, pescar e até acampar.

 

Parque Nacional de Serengeti – Tanzânia

Este verdadeiro santuário de vida selvagem fica na Tanzânia, perto da fronteira com o Quênia. É um dos destinos de preferência para safáris na África, com ótima estrutura para turismo. Com tranquilidade e segurança, é possível ver de perto elefantes, gnus, leopardos, gazelas, macacos, hienas, girafas e inúmeras outras espécies. A geografia local inclui infinitas planícies, savanas, bosques e florestas.

Serengeti National Park - Balloon Safaris - Credito Tanzania Tourism

 

Parque Nacional Kruger – África do Sul

Milhares de quilômetros ao sul do Serengeti encontramos o Parque Nacional Kruger, com quase dois milhões de hectares e mais de 800 espécies de animais, incluindo mamíferos, pássaros, répteis, anfíbios e peixes. Com alojamentos que vão desde campings até lodges luxuosos, o Kruger é outra opção muito popular para a realização de safáris.

SONY DSC

 

Parque Nacional dos Lagos de Plitvice – Croácia

Este parque é uma das principais atrações da Croácia. Fica a 130 quilômetros da capital, Zagreb, e possui 16 lagos conectados por uma série de cascatas em meio a uma floresta habitada por cervos, ursos, lobos e javalis. A cachoeira mais alta tem 70 metros de altura, mas todo o passeio pelo parque garante cenários tão bonitos que nem parecem reais.

Tenaya Lake

 

Parque Nacional da Chapada Diamantina – Brasil

São muitas as belezas naturais do Brasil, mas a Chapada Diamantina, na Bahia, é a escolha da Abreu no quesito parques nacionais, visivelmente mais tropical que Plitvice, por exemplo. A 400 quilômetros de Salvador, tem grutas, cachoeiras, cânions, poços de água cristalina e morros, onde se pode nadar, fazer trilhas, escaladas e rapel além de aproveitar o Pôr do Sol inesquecível de cada dia.

CachoeiradoPocodoDiabo_ParqueNacionaldaChapadaDiamantina_Lencois_BA - Credito obrigatorio Gleidson Santos - MTUR

 

Parque Nacional Torres del Paine – Chile

Imponentes montanhas, geleiras, bosques virgens e lagos azul-turquesa fazem os visitantes se sentirem muito pequenos em meio a tanta imensidão em Torres del Paine. Considerada a oitava maravilha do mundo, apresenta uma paisagem cinematográfica que durante o verão conta com 17 horas de luz e ainda é possível ver condores, raposas e outros animais. (Veja aqui nossa visita ao Parque Nacional Torres del Paine – um dos lugares mais lindos que já vimos).

torres

 

Parque Nacional Galápagos – Equador

As Ilhas Galápagos ficam em meio ao Oceano Pacífico, a cerca de 1.000 quilômetros da costa do Equador. É um arquipélago com 58 ilhas vulcânicas com espécies de animais exóticas, como tartarugas-gigantes, iguanas-marinhas e pinguins-de-Galápagos. Um verdadeiro paraíso da natureza, um destino intenso que há mais de um século inspirou o naturalista Charles Darwin a criar a Teoria da Evolução.

galapagos

 

Parque Nacional Banff – Canadá

O mais antigo parque nacional do Canadá fica nas Montanhas Rochosas, uma importante cordilheira da América do Norte. Além das montanhas, seu território tem geleiras, florestas de pinheiros, picos nevados e lagos cristalinos. O cenário é impressionante e as atividades pelo parque incluem trilhas dos mais diversos níveis de dificuldade, canoagem, pesca, passeios de barco e escalada entre outros.

Banff National Park - Alberta - Canada - Credito Canadian Tourism Commission

 

Parque Nacional do Grand Canyon – Estados Unidos

Os Estados Unidos são muito lembrados por seus centros urbanos e cosmopolitas, com arranha-céus espelhados e avenidas largas, mas a Abreu explica que na verdade o país tem muitas belezas naturais também. O Grand Canyon é uma das mais famosas: surpreendente e arrebatador, o cânion tem 1,6 quilômetro de profundidade e 16 quilômetros de largura, por onde serpenteia o rio Colorado.

gert-boers-qQC8tyG_JVA-unsplash

 

Parque Nacional de Yosemite – Estados Unidos

Também nos Estados Unidos, a 260 quilômetros de São Francisco, o Yosemite é visitado anualmente por mais de 4 milhões de pessoas que se encantam com suas quedas d’água, vales profundos, árvores gigantescas e picos de granito. É lá que fica a cachoeira mais alta do continente, com 740 metros.

aniket-deole-T-tOgjWZ0fQ-unsplash

 

Parque Nacional de Yellowstone – Estados Unidos

Foi o primeiro parque nacional dos Estados Unidos, localizado na região Oeste do país. Sua paisagem é bem diferentes dos outros dois parques norte-americanos citados nesta lista, já que conta com impressionantes termas e gêiseres, além de lagos de águas transparentes, desfiladeiros, pradarias e cachoeiras. Há inúmeras trilhas e é possível ver animais como bisões, alces e ursos.

yellow

Para mais dicas de viagens, clique aqui.