França Vale do Loire Viagens

Vale do Loire – Conheça 3 cidades encantadoras da região

vale loire dest

A Região do Vale do Loire fica ao norte da França e tem cerca de 280km de extensão ao longo do rio Loire. É muito conhecida por seus castelos e tem uma beleza de tirar o fôlego. O acesso pode ser feito rapidamente de carro ou de trem, já que Paris fica a apenas 130 km de distancia. O cenário da viagem é repleto de belas paisagens, jardins floridos e charmosos vilarejos com imensas plantações de trigo. Como as cidades turísticas ficam todas próximas, é possível passar alguns dias e conhecer a toda a região, passando pelas charmosas cidades de Chartres, Amboise e Orléans.

Sally-sur-Loire Vale do Loire France São mais de 300 castelos para serem visitados no Valle do Loire, somando todos, mais de 3.000.. É uma viagem linda e encantadora! As paisagens, os sabores, as histórias... realmente uma viagem inesquecível Começamos a viagem em Chartres, seguimos para Orleans, Chaumont-sur-Loire, e Amboise passando vários castelos. Embreve todos os detalhes no LeBlog! . . . #loirevalley #valedoloire #leblog #viagens #frança #turismonafranca #FranceFR #presstripvaledoloire2017 #airfrance #franceisintheair #travelblogger #travelgirl #viajante #leblog #travelgirl

Sally-sur-Loire Vale do Loire France

O ideal é reservar alguns dias para se hospedar em hotéis/castelos e aproveitar para conhecer bem a região, visitando igrejas e museus, passear de bicicleta pelos campos, fazer um passeio de barco e claro, provar um pouco da interessante gastronomia local além de deliciosos vinhos das vinícolas vizinhas. A região está dividida em 6 departamentos sendo que cada um deles recebeu o nome de um rio ou montanha da própria região. Os castelos e hotéis estão localizados nas cidades dentro de cada departamento. Elas são bem próximas umas da outras e é possível conhecer dois ou até três castelos em um dia. Entre os mais belos abertos para a visitação podemos citar o Chateau de Maintenon, de Amboise, de Chambord, de Chenonceau, de Chaumont-sur-Loire, Clos Lucé e Cheverny.

Chartres

Chartres, uma das primeiras cidades saindo de Paris e fica em uma colina à esquerda do Rio Eure, com sua renomada catedral em destaque no topo. A Catedral de Chartres é o monumento mais importante e mais visitado da cidade, tanto por sua arquitetura quanto por seus vitrais. Os vitrais da catedral tem um azul tão único que viraram nome de cor: “azul de chartres”. Eles foram financiados por mercadantes e nobreza local, e tem seus nomes junto a cada vitral.

Resultado de imagem para chartres france

valedoloire13

Históricamente importantes, foram financiados por mercadores e nobreza local cujos nomes aparecem junto a cada vitral. Uma das grandes atrações que acontece todos os anos durante o verão é a “Chartres em Lumières”, quando os mais importantes monumentos da cidade são iluminados à noite com show de luzes transformando a cidade em um verdadeiro espetáculo. Tive a oportunidade de visitar alguns monumentos e assistir as histórias que são contadas através de luzes. É lindo!

valedoloire15

Além disso fizemos uma visita noturna guiada à luz de velas pela Cripta da Catedral, um programa diferente e muito interessante. É emocionante estar no mesmo local onde tantos eventos importantes da história francesa aconteceram.

valedoloire16

Além da catedral, vale a pena visitar também os Jardins de l’Évêché, o Museu de Belas Artes, o Cemitério St Chéron, Maison Picassiette e muito mais. A arquitetura da cidade é toda encantadora, com muitas calçadas, muros e casas de pedras além de belas vielas e surpresas no caminho.

valedoloire14

 

Amboise

Às margens do rio Loire, essa cidade pequenina e medieval é antiquíssima (a presença humana por lá data do século I a.C.) é muito conhecida pelos célebres cidadãos que viveram por lá, como Leonardo da Vinci. O artista italiano passou os últimos anos da sua vida em Amboise, morando na mansão de Clos Lucé. Além dessa mansão, outros pontos turísticos são o Castelo de Amboise e o Castelo de Chanteloup.

Resultado de imagem para Amboise

A linda cidade de Amboise, tem outros dois castelos muito visitados além do Clos Luce, são o Castelo de Amboise que fica no centro e com suas grandes muralhas pode ser visto de diversos pontos da cidade e o Castelo de Chanteloup.

valedoloire19

Orléans

A cidade que inspirou o nome da cidade americana New Orleans fica às margens do rio Loire a apenas 120 km ao sul de Paris. A cidade servia antigamente como ligação entre os povos que vinham do Mediterrâneo em direção ao norte da Europa, o que acabou transformando Orléans em um centro econômico importante e também uma passagem para diversas cidades francesas.

Resultado de imagem para orléans france

Joana D’Arc que hoje é a Santa Padroeira da França, tem lá uma estátua em sua homenagem. Foi a heroína francesa na Guerra dos Cem Anos travada entre a França e a Inglaterra. Recebeu o título de Chefe de Guerra liderando a tropa durante três dias com violentas investidas, expulsando assim os ingleses da cidade de Orléans. Na Batalha de Compiègne perto de Paris, adversários franceses de Carlos VII conseguiram prender e entregar Joana aos ingleses. Julgada e condenada, foi queimada em praça pública no dia 30 de maio acusada de herege e feiticeira.

Hoje a cidade é uma das mais agitadas da região e acumula bares e restaurantes charmosos na Rue de Bourgogne que é a mais antiga e a mais conhecida rua da cidade.

valedoloire17

Orléans também compartilha da paixão pelas luzes e por isso seus monumentos ficam lindamente iluminados durante as noites de verão. Não é como o espetáculo de Chartres mas também é muito bonito!

Dicas

A moeda utilizada na França é o euro, A PID (Permissão Internacional para Dirigir) pode ser requerida junto ao Detran. Ela pode ser requerida ao alugar um carro em território francês ou em cidades europeias.

Aos domingos, o comércio das pequenas cidades do Vale do Loire está fechado.

Quando ir

A região pode se visitada durante todo o ano. A temperatura média anual nas cidades dos Loire é de cerca de 10ºC, com médias que variam entre 18ºC, no verão, e 4ºC, no inverno. No verão, de março a outubro a paisagem é mais bonita e movimentada, com muitos eventos culturais com dias mais longos e os châteaux ficam abertos por mais tempo, enquanto no inverno é mais calmo e muitas atrações têm horários limitados e os châteaux fecham mais cedo.

Como chegar

Uma viagem pelo Vale do Loire pode ser facilmente combinada juntamente a visitas a Paris ou outras cidades europeias. Tem fácil acesso por estrada e trem, há trens que ligam Paris a Angers, Tours e Blois.

*O LeBlog visitou a região do Vale do Loire a convite da “Atout France” em parceria com a “Air France”.

A AirFrance opera voos diários entre São Paulo – Paris – São Paulo e Rio – Paris – Rio.

Para ler mais sobre viagens na França, clique aqui!