Papeete Polinésia Francesa Viagens Viagens de lua de mel

Conheça Papeete – A capital e porta de entrada do Tahiti

papeete10

Tahiti é a maior e mais importante ilha da Polinésia Francesa e fica no arquipélago das Ilhas Sociedade “Les iles de la Societé” (designação atribuída pelo explorador britânico James Cook, que visitou o Taiti quatro vezes, de 1769 a 1777). Na costa noroeste da ilha está Papeete, capital do Tahiti, e única com aeroporto internacional, o que a torna porta de entrada da Paolinésia. Como muitos dos voos vindo de outros países chegam tarde da noite, a melhor opção é se hospedar uma ou duas noites na cidade antes de seguir viagem para a ilha de destino.

*A Polinésia Francesa é composta por 118 ilhas das quais 67 são povoadas, em cinco arquipélagos principais. Tahiti, Moorea e Bora Bora são as ilhas mais conhecidas e desejadas por casais em lua de mel.

Chegar no Tahiti é emocionante desde o início. A paisagem é deslumbrante, o clima é tropical e o povo caloroso e hospitaleiro. O aeroporto de Papeete é relativamente pequeno e tranquilo com jeitão de férias. Enquanto os passageiros desembarcam do avião são recepcionados por nativos que felizes cantam e dançam músicas típicas locais.

papeete12

Chegando no hotel mais mimos para os visitantes. Os hóspedes são recepcionados com lindos colares de flores Tiare, as mesmas que perfumam toda a região.

Na saída ganhamos de presente colares de conchas que na simbologia significa que como elas pertencem as ilhas teríamos que voltar para devolve-las. Seria como um “Voltem sempre”. 

O Tahiti tem uma cultura muito rica e interessante que é mantida e repassada de pais para filhos nos famílias tradicionais. Uma cultura muito ligada à natureza e seus encantos. Como eles dizem por lá: “Nós pertencemos a natureza e não ao contrário”. A natureza é muito respeitada por lá. Os frutos e as flores tem histórias e fazem parte da cultura. Uma viagem de encantamento e descobertas. Tudo isso cercado por um cenário paradisíaco e um sorriso maroto no rosto.

Foto no Le Taha'a - Taha'a Island

Foto no Le Taha’a – Taha’a Island

Ligue a câmera e prepare-se para ver cenas muito impressionantes: o mar azul que vai do turquesa ao cristalino, peixes coloridíssimos, pôr do sol laranja fulminante, natureza exuberante, muitas flores perfumadas e coco, muito coco. Bem-vindo à Polinésia Francesa e seus encantos. Iaorana (olá em tahitiano).

Com dois ícones do Tahiti, as flores e o coco

Tahiti é também a ilha com maior atividade noturna e lugares de interesse cultural. A península de Tahiti Iti, no lado oposto de Papeete tem montanhas e cachoeiras, ideal para quem gosta de fazer trilhas, explorar o ecoturismo e ter uma experiência com o povo local.

O centro de Papeete é bem movimentado mas poderia ser mais bem cuidado. As ruas não são bonitas e algumas acumulam bastante lixo.

O que fazer

Para conhecer a cidade o ideal é fazer um tour guiado começando pelo centro e passando pelos pontos mais importantes da cidade. Le Truck são os transportes públicos e pitorescos do Tahiti: consiste em um tipo de ônibus aberto. São coloridos e divertidos.

Como ficamos somente um dia em Papeete não conseguimos conhecer tudo. Começamos com uma visita ao “Marche de Pepeete” que como os grandes mercados tem de tudo um pouco. Ideal para comprar artesanato de conchas, chapéus de palha, coloridos pareôs e sandálias fechadas de borracha, muito necessárias por causa dos corais das praias.

papeete18

Lá é o grande mercado da cidade e vendem também peixes, frutas, flores, carnes, temperos, artesanatos e lembrancinhas. (Os óleos e sabonetes polinésios são bem cheirosos, principalmente os de Tiare, a flor típica que perfuma toda a ilha e enfeita a cabeça das polinésias). Legal para passear e comprar lembrancinhas e coisas típicas do Tahiti. Tudo é um pouco caro como quase tudo no Tahiti. Inclusive as famosas pérolas negras que estão por todo canto em anéis, pulseiras e brincos.

Um bom lugar para provar frutas e sanduíches locais também.

O restaurante Café Maeva serve pratos locais como o delicioso Atum cru com leite de coco –  “Thon a là thaitienne” .

papeete14a

Seguimos então para um delicioso passeio nas canoas tahitianas – Pirogue Thaitienne“.

Elas já existiam muito antes da chegada dos europeus. Na verdade, os primeiros polinésios foram grandes navegadores e descobriram o Taiti e suas ilhas a bordo de canoas duplas.

papeete13

O passeio sai de Venus Beach, dura uma hora e meia e passa pela costa de um dos lados do Tahiti onde James Cook chegou há quase 300 anos atrás (diz a lenda).

Ainda hoje há cerca de 30 000 praticantes do esporte e acontecem várias competições durante o ano que agitam as lagoas do Tahiti como a “Super Aito” em agosto. O Hawaiki Nui Va’a, que acontece em outubro, é a maior de todas. É uma corrida que consiste em três etapas, conecta Huahine para Bora Bora em 128 km.

Durante o evento participantes remadores não vêm apenas do Taiti e suas ilhas, mas também na Nova Caledônia, Havaí e até mesmo da França.

Depois seguimos viagem para a Ilha de Huahine – Raiatea e Tahaa. – Logo mais dicas destes outros destinos aqui no LeBlog!

Algumas outras dicas de passeios para fazer em Papeete:

A Notre Dame Cathedral foi concluída em 1875 e restaurada em 1987. Observe a mistura de estilos de Tahitian e europeus nos vitrais e estátuas que enfeitam a igreja que fica em Notre Dame Square.

papeete17

É uma atração histórica popular, uma das mais antigas e maiores igrejas em Papeete.

O Centre Vaima é o maior shopping center do Tahiti. Lá está o famoso Museu de Pérolas e também diversas operadores de turismo (caso queiram agendar algum passeio). Tem também uma livraria, joalherias, e um duty-free shop.

O “Black Pearl Museum” é o único museu do mundo dedicado à pérola negra. Repleto de exposições informativas que detalham o tesouro subaquático em arte, história e literatura. Muito interessante para saber mais sobre a renomada pérola negra tahitiana, o processo de cultivo, até como trazer as pedras preciosas do mar para a superfície. Há ainda uma exposição com peças que foram usadas pela realeza.

Não deixe de passar pela Câmara Municipal de Papeete, pelos Jardins da Assembléia Territorial passando pelo monumento do General de Gaulle, Bougainville Park, Banyan Tree Gauguin, o Palácio Presidencial.

papeete16

Câmara Municipal de Papeete

Para quem quiser conhecer algo diferente, divertido e barato, os Roulottes, são food trucks que servem comida simples e saborosas em um ambiente a céu aberto que muitas pessoas da cidade frequentam. A maioria deles é de comida chinesa e fecha por volta das 22hs.

Os tours feitos em Segway são bem divertidos e dinâmicos, duram cerca de duas horas e meia.

Já os passeios em jipes 4×4 duram uma tarde inteira e levam o visitante para o Monte Marau a uma altitude de 3600 pés para avistar o pássaro de Punaruu Valley e uma fortaleza construída pelos franceses durante a revolta de Tahitian de 1844 a 1846, (o local é agora usado como uma estação de retransmissão de TV). Continuando o passeio, a 4320 pés, há um magnífico panorama dos picos mais altos da ilha: Orohena, Aorai, Tetufera e Teamaa. A excursão continua ao furo do sopro de Tiarei Arahoho, uma atração que fica na estrada de Tahiti na base de um penhasco íngreme em um ombro estreito no lado da montanha da estrada.

Depois o passeio segue para o Vale Fa’aurumai para visitar as três cachoeiras. A floresta em ambos os lados deste pequeno vale é espessa, quase impenetrável e cheia de árvores “hutu” e “mape” (castanheiros, apenas encontrados nas Ilhas da Sociedade). Se olhar com cuidado, dá para notar frutas de estrela, goiaba e “mape” ao longo da trilha. Do estacionamento, há várias centenas de metros de Vaimahutu, a primeira queda, que cai 100 pés diretamente em uma piscina. Continue a caminhada rainforst e mais 20 minutos estão às outras duas quedas: Haamaremare Iti e Haamaremare Rahi.

Onde ficar

O Intercontinental Tahiti Resort & Spa oferece o conforto de uma grande rede de hotéis em um ambiente privilegiado cercado pela natureza exuberante, com o clima de vida praiana dos taitianos.

intercontinental-2

O hotel está bem próximo ao aeroporto e é uma das melhores opções de hospedagem. O maravilhoso clima do Tahiti está presente em todas as suas instalações e serviço. Na entrada ganhamos os famosos colares de Tiare pelos taitianos simpáticos que estão sempre dispostos a ajudar e informar sobre o lugar. (A maioria deles fala inglês e muitos deles também francês, o que facilita muito a comunicação).

Chegando no Tahiti!

Strike a pose!

A piscina em frente ao mar com borda infinita é um presente de boas vindas para quem acaba de chegar!

papeete1

O complexo está em frente ao mar e inclui piscinas com fundo de areia, com cascatas, com bar aquático além de uma jacuzzi.

papeete2

*Clique aqui para ver post completo do hotel.

Curiosidades

Motus à são pequenas ilhotas próximas as ilhas principais.

Pareo é o nome das vestes das nativas que lembram as nossas cangas.

Praticamente todas as mulheres usam uma flor na orelha, um grande hibisco vermelho ou uma discreta tiare branca. Se a flor estiver colocada na orelha esquerda é porque a mulher é comprometida. Se for na direita, é porque está aberta a um novo relacionamento.

Os tahitianos adoram tatuagens, e elas são grandes e muito interessantes.

Hinano é a marca da cerveja mais famosa da Polinésia Francesa. É uma delícia.

Informações importantes

Os idiomas oficiais são o francês e o maohi (tahitiano), mas muitos falam inglês e um pouco de espanhol.

A moeda local é o Franco francês do Pacífico XPF mas alguns hotéis e restaurantes aceitam dólar. Melhor trocar uma quantia antes de embarcar para pequenas compras.

Brasileiros não necessitam de vistos para estadias até 3 meses.

Apesar de chover bastante o clima geralmente é bom e as chuvas duram pouco tempo.

Não esqueçam de levar protetor solar, chapéu, chinelo, câmera e se tiverem sapatinhos para caminhar nos corais levem também!

Como chegar: 

A Air Tahiti Nui tem vôos saindo de São Paulo para Papeete via Los Angeles com American Airlines (necessário visto americano).

Air Tahiti Nui é a companhia aérea internacional da Polinésia. Air Tahiti é a cia aérea nacional da Polinésia.

*O LeBlog fez esta viagem à convite da Secretaria de turismo da França e do Tahiti em parceria com a American Airlines, Air Tahiti e Air Tahiti Nui.