Viagens

POSTAGENS RECENTES

VER RESUMOS

Imaginem que delicia poder fazer uma viagem de volta ao mundo em menos de um mês e de trem! Essa é a proposta da Trains & Tours, uma viagem épica que realiza o sonho de conhecer “quase” o mundo todo nesse transporte tão mágico. Quem embarcar na viagem, cruzará sobre trilhos os continentes Europeu, Asiático e a América do Norte em um total de 16 mil quilômetros durante 26 dias. A viagem vai de de Paris à Toronto passando por 15 cidades em 5 trens diferentes.

leb1

O roteiro se inicia em 29 de agosto de 2017, em Paris. Tudo ira começar com m jantar especial no restaurante Le Ciel de Paris, no alto da Torre de Montparnasse, com uma das mais belas vistas da cidade-luz com o guia acompanhante e toda a equipe.

Após passar o dia a bordo do trem Expresso Paris-Moscou, a viagem faz sua parada na capital russa e permanece lá por dois dias para passeios e atividades. O trem que segue viagem, leva os passageiros para a lendária Ferrovia Transiberiana com mais de 100 anos de história.

Além das impressionantes paisagens pelo trajeto, como os Montes Urais, que marcam a fronteira geográfica entre a Europa e a Ásia, a imensidão da Sibéria e o deslumbrante Lago Baikal, a rota visita históricas cidades russas de Ecaterimburgo, Novosibirsk, Krasnoyarsk e Irkutsk.

leb2

Após deixar o território russo, o trem adentra nas terras Mongólias, marcadas pela natureza do Parque Nacional Terelj e pela tradição retratada nas competições de arco e flecha, lutas e danças típicas que representam o famoso Festival Nacional de Naadam.

A introdução à autêntica cultura chinesa começará no embarque no trem Trans Mongolian, em uma jornada de 36 horas atravessando as planícies do Deserto de Gobi, sem paradas, até chegar a Pequim. Na capital chinesa, há uma visita ao Palácio Imperial (Cidade Proibida) e a grande praça Tian An Men. Os turistas podem experimentar o tradicional Pato Laqueado de Pequim, e também conhecer a Grande Muralha da China e as Tumbas da Dinastia Ming.

Dando início à segunda etapa da viagem, os participantes cruzam o oceano em voo até Vancouver, no Canadá, cujo território será percorrido de costa a costa a bordo de dois trens. Os trechos de Vancouver a Kamloops e Banff serão realizados no Rocky Mountaineer em duas viagens diurnas, repletas de belíssimas paisagens que poderão ser observadas através dos vagões panorâmicos. A experiência oferecida ao longo das Montanhas Rochosas será complementada pelo atendimento impecável dos anfitriões e da gastronomia servida a bordo. Já em Jasper, os passageiros embarcarão no trem The Canadian e viajarão até o seu destino final, Toronto.

As acomodações tem sanitários privativos e há opções de vagões familiares. A maioria dos dias da viagem são à bordo dos trens de luxo com algumas paradas em hotéis 5 estrelas e ótimos restaurantes pelo caminho.

leb3

Os viajantes tem tratamento exclusivo durante toda a viagem que será acompanhada por um guia brasileiro e guias locais para cada cidade em que o trem parar.

Com certeza será uma viagem inesquecível e enriquecedora!

Para mais informações visite o site ou entre em contato pelo tel: (11) 4878.1085

A Galeries Lafayette sempre teve uma ligação forte com o mundo das artes. Desta vez, a parceria foi com o artista Maurizio Cattelan e com o fotógrafo Pierpaolo Ferrari, que terão suas obras expostas em diferentes locais da Galeries Lafayette entre 6 julho e 10 setembro.

A dupla criou a série de obras ‘Toiletpaper”, com inspiração na necessidade pela quebra de códigos da moda, cinema e da propaganda com imagens marcantes, recheadas de sátiras e ambientes surrealistas. Comidas, objetos de arte e do cotidiano, cores e diferentes espécies de animais são os principais elementos das montagens da dupla. Os trabalhos que deram fama aos artistas surgiram da parceria com a grife Kenzo, que rendeu uma citação no top 10 do jornal ‘New York Times’ do fotolivro lançado em 2012.

maurizio2

A exposição de ‘Toiletpaper” estará aberta ao público a partir de 6 de julho até o dia 27, com instalações sob a famosa cúpula até 27 de agosto, no espaço Galerie des Galeries até 10 de setembro.

Os horários de funcionamento da loja já em clima de verão, estendidos: entre 8 de junho e 13 de agosto, das 9h30 às 20h30; às quintas, até as 21h.

Para mais informações, visite o site.

Novidade boa para quem pretende visitar a França neste verão europeu. Neste ano, o Centro de Monumentos Nacionais da França abrirá quatro de seus monumentos para visitas noturnas: A Abadia do Mont-Saint-Michel, o terraço do Arco do Triunfo, as Torres da Catedral de Notre-Dame e a Sainte-Chapellle irão estender a abertura de seu horário de visita para os que desejam aproveitar ao máximo os longos dias de verão.

arco do triunfo

Na região da Normadia, a Abadia do Mont-Saint-Michel oferece de 11 de julho a 27 de agosto um itinerário poético, onde os visitantes serão convidados a reconstituir um quebra-cabeças do “morador secreto da abadia”, uma misteriosa forma animal emplumada. O itinerário proporciona uma caminhar pela abadia, e será aberto todas as noites das 19h à meia-noite. O acesso será possível através de um serviço de transporte  24h e estacionamento aberto de 19h às 2h.

saint michel

Em Paris, as Torres da Catedral de Notre-Dame darão de presente uma vista única sobre o rio Sena. O passeio às torres de 70 metros de altura agora também pode ser feito à noite entre julho e agosto todas as sextas e sábados até às 23h. A visita leva os visitantes à galeria das quimeras passando pelo lendário sino, até chegar ao topo da Torre Sul de onde vislumbra-se uma vista panorâmica da cidade.

notre dame

Para os que desejam ter um outro olhar sobre os vitrais restaurados, a Sainte-Chapelle fica aberta até setembro todas as quartas-feiras até às 21h30. Os visitantes poderão admirar o conjunto único de vitrais e a delicadeza de sua decoração esculpida. Já o terraço do Arco do Triunfo fica aberto até às 23h sendo passeio perfeito após o jantar pela Champs-Élysées. O monumento oferece ainda uma vista estonteando do pôr do sol.

chapelle

Mais detalhes dos tours:

Abadia Mont-Saint-Michel (Itinerário poético)
De 11 de julho a 27 de agosto das 19h à meia-noite
Preço para grupos a partir de 20 pessoas: 7 €
Preço normal adulto: 9 €

Torres da Catedral Notre-Dame
Aberto em julho e agosto todas as sextas e sábados até às 23h
Preço para grupos a partir de 20 pessoas: 8 €
Preço normal adulto: 10,50 €
Ingresso combinado: 12€ (grupos) / 15€ (adulto)

Sainte-Chapelle
Aberto de maio a setembro às quartas-feiras até às 21h30
Preço para grupos a partir de 20 pessoas: 6,50 €
Preço normal adulto: 8,50 €
Ingresso combinado: Conciergerie – Sainte-Chapelle: 12€ (grupos) / 15€ (adulto)

Terraço Arco do Triunfo
Aberto todos os dias das 10h às 23h (horário válido para o período de verão)
Preço para grupos a partir de 20 pessoas: 9 €
Preço normal adulto: 12 €

Clique aqui para ver mais dicas da França!

Acabei de chegar de uma viagem belíssima pela França e seus lindos vinhedos de Champagne e Bourgogne e aqui vai a primeira dica para quem gosta de uma boa gastronomia francesa tradicional em um ambiente despojado típico de bistrô.

O restaurante Café du Palais tem este nome por estar bem em frente ao Palácio da Justiça em Reims. Sob o comando da 4 geração da mesma família tem muita historia para contar.

A história começou com Louis Millet, o filho mais novo de uma família de fazendeiros em Auvergne, que foi para Paris para fazer a vida nos anos 1920. Depois de tentar, sem sucesso, ser um taxista, ele comprou um café, o “Tout va mieux” na rua “Mont d’Arène”. Jeanne, sua esposa, entendeu rapidamente que o sucesso para um bom negócio esava na localização, portanto em 1930 eles compraram o “Cafe du Grand Théatre”, localizado no centro da cidade, e o renomearam para “Café du Palais”.

palais002

O negócio estava indo bem e atraindo toda a sociedade de Reims. Jeanne passou da caixa registradora para o comando do Palais com a morte prematura de Louis. Os anos se passaram, e o neto de Jeanne, Jean-Louis, começou a se interessar pela profissão de Catering, participando de um hotel e escola na área em Paris por três anos. Em 1960, ele foi para Londres como trainee em um hotel de luxo, onde conheceu Annick, uma estudante de linguas. Em 1965, Jeanne transferiu os negócios para as mãos do neto. Pouco a pouco, seguindo suas paixões por pintura, teatro e jazz, Jean-Louis redecorou o Café du Palais, usando elementos kitsch da sala de estar de sua avó, bancos antigos do café comprado por seus avós, quadros de diversos artistas, e muitos outros elementos.

cafedupalais1

No teto, um vitral estilo Art Déco de 1928 dá o toque da Belle Epoque ao lugar. Atualmente, algumas cores usadas no vitral são tão raras que não podem mais ser encontradas. Centenas de objetos são expostos evocando os inúmeros eventos que o Palais abrigou: concertos de Jazz, desfiles de moda, e projeções de filmes de Georges Mélies.

palais003

O cardápio é enxuto e tem uma boa parte dedicada para os vinhos e champanhes.
O Confit de Canard (foto) é o carro chefe da casa e pratos como o Riz de Veau e o Tagliatelli com Escargots e Cogumelos também fazem muito sucesso.

cafedupalais

Tudo é muito bem feito, os pratos são caprichados e os ingredientes são frescos.

As sobremesas também são um capítulo a parte. Elas são apresentadas aos clientes em um carrinho no centro do salão. Destaque especial para a torta de maçã.

palais01

Há também um menu especial para a tarde com opções de queijos, presuntos e terrines.

Para mais informações, acesse o site – Fazer reserva!

Reims fica a somente 45 minutos de Paris via TGV.

* Esta viagem pela região da Bourgogne e Champagne o LeBlog fez a convite da Interfood.

Café du Palais  |  14, Place Myron Herrick, 51100, Reims. +33 3 26 47 52 54