Viagens

POSTAGENS RECENTES

VER RESUMOS

O restaurante Le Shambala fica em Grand Case em St. Martin de frente para a praia em uma localização privilegiada na parte francesa da Ilha.

O restaurante está anexo ao Le Shambala Hotel Lodge que tem 5 exclusivas suítes e oferece serviço completo para os hóspedes.

No restaurante, encontramos uma gastronomia contemporânea mesclada à cozinha francesa e caribenha com ingredientes frescos e uma vasta carta de vinhos.

le shambala2

Luxo e simplicidade se misturam no restaurante proporcionando a cada hora do dia uma nova paisagem com diferentes cores na paisagem. A decoração é composta por elementos naturais que harmonizam muito bem com o ambiente.

Durante o dia o sol brilha forte no Le Shambala, durante a noite o clima romântico e intimista toma conta do lugar à luz de velas e brisa do mar.

le shambala3

O menu é tem muitos ingredientes tropicais frescos que a região oferece. Há muitas opções de pratos com frutos do mar, saladas, e frutas e boas opções de tapas e petiscos.

le shambala1

Para quem quer uma experiência mais descontraída tem a opção de sentar no bar que está um pouco mais próximo do mar.

Para mais dicas de St. Martin clique aqui.

Le Shambala  |  28 Boulevard de Grande Case, 97150, St. Martin. +590 590 29-1709

A Loterie Farm em St. Martin no Caribe é o lugar perfeito para quem quer fugir das praias e fazer um programa de aventura com um toque tropical.

É uma reserva natural privada de 54 hectares que além das belas paisagens naturais abriga também a antiga residência de L. A. Fleming.

ilha

Hoje a propriedade é aberta ao público sendo um dos principais centros de lazer da ilha. Em meio a esse ambiente natural e às milhares de árvores, o público pode escolher o que quiser entre as diversas atividades. Podem fazer trilha, andar de bike ou até meditar nos 60 hectares de floresta e fazenda localizados aos pés do Pic du Paradis (Pico do Paraíso). A área da piscina pode ser utilizada como day-use pelos visitantes que ainda podem optar pelas cabanas, que estão disponíveis para aluguel, acomodando até 10 pessoas. Quem optar por esse serviço, tem direito a uso gratuito das trilhas de caminhada e 25% de desconto  na atração “Ti-Tarzan” e “Fly Zone”, e 15% de desconto na “Extreme Fly Zone”.

ilha1

O novo “L’eau lounge cabana club & piscine de source” promete uma experiência única para quem ama nadar, com mais de 500 metros quadrados de piscinas multinível, conectadas por cascatas e vegetação tropical, cheias de água 100% natural vinda do Pico Paradis.

ilha2

As atividades vão desde caminhadas pelas belíssimas trilhas até a tirolesa que se estende pela floresta da propriedade e é extremamente radical. (Só recomendo para pessoas que gostem de aventura e que estejam familiarizadas com essa atividade).

Loterie Farm St Martin  | 103 Route Pic Paradis, Rambaud, 97150 Saint-Marine, França. +590 590 87-8616

Clique aqui para ver mais dicas de St. Martin!

Localizada a 250 quilômetros ao norte do arquipélago de Guadalupe e a 240 quilômetros a leste de Porto Rico, encontra-se Saint-Martin, a encantadora ilha de águas cristalinas e areias brancas que encanta visitantes do mundo todo.

ilha8

São apenas 96 quilômetros quadrados, mas repletos de belezas e atrações para todas as idades. Casais, famílias com filhos e amantes da natureza encantam-se com o destino. St. Martin tem seu território dividido entre Holanda e França e oferece aos visitantes 37 praias paradisíacas (que estão entre as melhores do mundo), arquitetura colonial, cerca de 400 restaurantes, 14 cassinos, centenas de lojas, ótimas opções de hospedagem e vida noturna agitada durante o verão.

ilha7

Neste post conto um pouco mais sobre a parte francesa da Ilha. A ilha tem um clima cool descontraído que eu adoro. A natureza da ilha é muito exuberante e tem diversas belas praias, uma gastronomia de primeira e muitas atividades para se fazer a qualquer hora do dia. Os preços não são tão altos e dá para se divertir bastante.

O que fazer

Os atrativos da ilha incluem ainda inúmeras perfumarias, joalherias e lojas de eletrônicos com mercadorias que saem a preços para lá de especiais, pois a ilha é isenta de impostos desde a década de 60. Ao norte fica a parte francesa cuja capital é Marigot, onde bistrôs e hotéis-butiques dominam a paisagem. A rue de la Republique é a principal.

ilha9

Na Marina Royale, (de onde saem os barcos para passeios e também para Anguilla e St. Barth), bem no centro da capital, a sensação é de se estar na Riviera Francesa, com barcos de luxo atracados, cafés e creperias com mesinhas na calçada.

ilha10

O Fort Louis é um marco na cidade, vale a pena dar uma rápida subida. São de 15 a 20 minutos de caminhada até o ponto mais alto do forte. Na chegada ao topo, onde fica a bandeira francesa, conseguimos ver boa parte da ilha do lado francês e do lado holandês. A vista é linda!

ilha13

O mar do Caribe tem uma cor e uma transparência especial e as praias são sem dúvida nenhuma a principal atração. São variadas e satisfazem todos os gostos e estilos, podendo- se conhecer uma por dia sem precisar repetir o programa!

ilha12

Passeio de barco  – Este não pode faltar na programação de quem vai a St. Martin.  A empresa Matt Charters ou Caribbean Marines que trabalham em conjunto e há anos fazem passeios por toda a região. São várias as opções de barcos e de passeios que duram de 4 a 8 horas. E o jovem Matt que comanda a Matt Charters é com certeza o melhor e mais simpático comandante que um grupo poderia querer.

ilha5

Nós começamos o passeio pela reserva nacional francesa e passamos por Maho Beach para ver os impressionantes pousos dos aviões no aeroporto Princesa Juliana (O Sunset Bar localizado na praia também é um ótimo local para ver os pousos).

Seguimos para a Ilha Tintamarre para mergulhar. É uma ilha deserta  que faz parte de St. Martin, localizada em frente a St. Barthelemy. Um ótimo local para fazer snorkel para ver peixes coloridos e tartarugas. A ilha é linda e a cor do mar ao seu redor é de um azul deslumbrante. 

ilha6

Em seguida seguimos para Ilha Pinel para almoçar no restaurante Karibuni (mais detalhes abaixo).

Loteria Farm – Para um programa diferente a Loterie Farm é uma ótima opção. É uma reserva natural privada de 54 hectares que além das belas paisagens naturais abriga também a antiga residência de L. A. Fleming.

ilha

A propriedade é aberta ao público sendo um dos principais centros de lazer da ilha. Em meio a esse ambiente natural e às milhares de árvores, o público pode escolher o que quiser entre as diversas atividades. A área da piscina pode ser utilizada como day-use pelos visitantes que ainda podem optar pelas cabanas pagando um pouco mais.

ilha1

A área da piscina parece um Oasis. Dá para aproveitar o dia todo sem se cansar!

ilha2

As atividades vão desde caminhadas pelas belíssimas trilhas até o arborismo que é longo e extremamente radical. (Só recomendo para pessoas que gostem de aventura e que estejam familiarizadas com essa atividade).

Praias

Baie Longue – A praia onde está o maravilhoso hotel Belmond La Samanna é estritamente residencial e repleto de belas mansões. A praia é linda e o pôr do sol especial. (Não tem serviço de praia para quem não está hospedado no hotel).

ilha17

Grand Case – Além da praia, Grand Case é o local onde estão os restaurantes e bares badalados da Ilha, vale a pena ir para almoçar, passar o dia, jantar ou mesmo para passear.

Orient Bay – Considerada a St. Tropez do Caribe, é a mais famosa e portanto está sempre lotada. A praia tem uma boa estrutura de quiosques, bares e restaurantes. Há várias atrações aquáticas, como Parasail e Jet ski, entre outros. – Me aventurei no Parasail e foi muito divertido!

ilha15

Lá está o delicioso Waikiki Beach Bar que tem todo um estilo e uma decoração inspirada no Hawai. O almoço no restaurante interno é self service, então prefira os drinks com aperitivos na praia.

ilha14

*O canto direito da praia é de nudismo e é inclusive lá que está o Club Orient, um dos hotéis naturalistas mais conhecidos da região.

Ilha Pinel – Mencionada acima quando falamos do passeio de barco. A ilha tem belíssimas praias de areia branca e águas cor turquesa, o que faz com que o passeio seja inesquecível. Para os aventureiros é possível até mesmo fazer trilhas para conhecer praias desertas no lado oposto da ilha. Destino certo para os barcos que saem a todo o momento de Grand-Cul-de-Sac.

ilha16

Happy Bay Beach – Para se chegar na praia é necessário fazer uma trilha de aproximadamente 20 minutos. A praia é linda e pouco movimentada. O mais importante para chegar a esta praia é saber por onde começar a trilha. ( O caminho mais simples é estacionar em Friars Bay e caminhar até a outra extremidade da praia para iniciar a trilha).

ilha19

A praia é pequena e muito agradável, mas sem infraestrutura. Então deve-se levar comidas e bebidas.

Onde Comer

St. Martin é muito conhecida por sua diversidade culinária e entre os mais de 400 restaurantes destacam-se o Le Pressoir e o Le Taste Vin, referências da gastronomia mundial que ajudaram o balneário a receber o título de capital gastronômica do Caribe.

Karibuni (mencionado acima) – Fica na Ilha Pinel e tem uma paisagem paradisíaca. É um restaurante perfeito para um almoço. A tranquila praia em frente, com águas cristalinas é o lugar ideal para curtir o famoso “dolce far niente”. (A Ilha Pinel fica em Orient Bay e o único modo de chegar é através de barcos).

karibuni3

La Table D’Antoine – É um bistro chique que fica em uma praça chamada “Le Village D’Orient” – La Place em Orient Bay é um espaço que reune vários restaurantes em um ambiente aberto e bem iluminado com música ao vivo.

ilha3

Le Shambala – O restaurante Shambala é um excelente restaurante francês na orla gourmet de Grand Case. O Chef cria deliciosos menus priorizando sempre os produtos sazonais frescos do mercado. Boa carta de coquetéis e ótimas tapas. Um bom lugar para acompanhar o Pôr do Sol.

ilha6

Lolos – É o melhor local para ter uma experiência local e desfrutar de uma lagosta fresca. Em Grand Case encontramos diversos Lolos e o Scooby’s é considerado um dos melhores. É tudo bem simples mas delicioso. A comida é servida nas diversas mesas espalhadas por uma pequena área ao ar livre em frente ao mar ao som de música caribenha.

ilha4

A costela e o frango ao curry também fazem muito sucesso entre os visitantes.

Calmos Café – Este é um lugar típico que de calmos só o nome mesmo, um restaurante local pé na areia com musica ao vivo caribenha, muitos aperitivos e drinks locais. Está sempre cheio!

ilha18

Grand-Case é um vilarejo de uma rua só situado mais ou menos no meio do caminho entre Marigot, a capital do lado francês e Orient Beach, a mais famosa e procurada praia da ilha. Considerada a capital gastronômica do Caribe, é lá que estão a maioria dos restaurantes charmosos da Ilha.

Onde ficar

Belmond La Samanna é o único hotel 5 estrelas da ilha e está localizado ao lado da melhor praia de St. Martin no lado francês da ilha. Privilegiado pelo Mar do Caribe, o Belmond La Samanna é o que há de melhor em resorts de luxo.

lasamanna16

Constantemente classificado entre os dez melhores hotéis caribenhos, o resort é um verdadeiro oásis. Cercado por uma natureza exuberante o hotel oferece uma experiência de luxo despretensiosa e descontraída aos visitantes.

lasamanna9

O Resort fica à beira da praia, banhado pelo maravilhoso mar do Caribe com uma vista paradisíaca a qualquer hora do dia.

lasamanna8

Da culinária criativa a coquetéis refrescantes, o Belmond La Samanna oferece também excelentes opções gastronômicas em St. Martin.

lasamanna3

Algumas outras boas opções de hospedagem:

– Le Shambala: o Hotel é super charmoso tem apenas seis quartos e fica em frente a praia

http://www.leshambala.com/

– Karibuni Lodge: dos mesmos proprietários do restaurante da Ilha Pinel, tem somente seis quartos.

http://www.lekaribuni.com/en/

– Le Petit Hôtel: Pequeno e muito charmoso.

https://www.lepetithotel.com/

– L’Esplanade:

https://www.lesplanade.com/

– O Le Temps des Cerises é uma super novidade de hospedagem.

http://www.letempsdesceriseshotel.com/

– RIU: Uma opção mais famíliar, é o único “all inclusive” do lado francês.

http://www.riu.com/en/Paises/saint-martin/saint-martin-island/hotel-riu-palace-st-martin/

– Grand Case Beach Club:

http://www.grandcasebeachclub.com/

Informações importantes

A alta temporada vai de janeiro a março. O idioma local oficial é o francês e a moeda é o euro, mas a maioria dos estabelecimentos aceita o dólar.

Como chegar

O Aeroporto Internacional Princesa Juliana localiza-se na parte holandesa da ilha, nas Antilhas Neerlandesas e é o segundo aeroporto com maior movimento no Caribe. Foi batizado graças à então princesa herdeira Juliana dos Países Baixos. É este o “aeroporto de pouso mais impressionante” em pesquisa recente feita pelo PrivateFly.com.

O aeroporto, localizado às margens de Maho Beach, proporciona vistas deslumbrantes das águas azul-turquesa e das praias de areia branca aos passageiros que chegam à ilha, enquanto os espectadores no chão têm uma visão única da baixa altitude dos aviões.

ilha20

A Copa Airlines tem quatro voos semanais para o destino a partir do Centro de Conexões das Américas, na Cidade do Panamá.

Passageiros de sete capitais brasileiras – Belo Horizonte, Brasília, Manaus, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo – podem aproveitar os vôos da madrugada rumo ao Panamá e conectar-se imediatamente para a ilha, onde desembarcam às 11h20 (horário local). Durante a conexão, no Aeroporto Internacional de Tocumen, na Cidade do Panamá, os viajantes evitam as filas de imigração e alfândega, além de terem as malas despachadas para o destino final.

Clique aqui para ver mais dicas do Caribe!

O Bacchus fica na encantadora Ilha de St. Martin no Caribe. Além de restaurante o Bacchus tem a maior adega do Caribe. É uma ótima opção para almoço ou lanche pois também ao lado tem um mini empório com diversos vinhos a venda. O restaurante tem menu francês contemporâneo. Os pratos clássicos franceses são servidos de maneira criativa em uma bela apresentação.

bacchus

Só na parte de vinhos são mais de 2600 rótulos de vinhos franceses, italianos, espanhóis, californianos, argentinos e chilenos que fornecem não só o restaurante mas diversos outros locais da Ilha. É um dos maiores distribuidores de vinhos da região.

bacchus4

No mini empório ou padaria encontramos muitos pães, tortas, doces, chocolates e ainda uma infinidade de outros produtos e utensílios gastronômicos à venda.

bacchus3

Na adega subterrânea também é possível almoçar ou realizar algum evento privativo e mergulhar diretamente no universo dos vinhos.

bacchus4

Receitas tradicionais com um toque moderno e uso de produtos naturais são a base da cozinha do Bacchus, preparados com os melhores e mais frescos ingredientes da região.

bacchus3

As sobremesas além de saborosas são pequenas e delicadas.

bacchus1

Para mais detalhes, visite o site.

Bacchus  |  Hope Estate, St Martin. (+590) 590 87 15 70

Aberto somente para o almoço.

Clique aqui para mais dicas de St. Martin!!!