Viagens

DESTAQUES

POSTAGENS RECENTES

VER RESUMOS

Neste último final de semana fui conhecer o delicioso hotel Transamérica Comandatuba que fica no litoral sul da Bahia pertinho de Ilhéus.

O lugar é lindo, e como sempre na Bahia, repleto de palmeiras! Muitas praias, céu azul e muito muito sol!

transamerica12

O hotel fica em uma área imensa com muitas plantas e muitas flores integradas junto à paisagem.

transamerica13

Para chegar foi fácil! Depois de pousar em Ilhéus, pegamos um transfer para o hotel de aproximadamente 1 hora, fizemos uma pequena travessia de balsa que durou apenas 5 minutos e chegamos na Ilha. Os comandantes da balsa usam trajes inspirados na marinha para já irmos entrando no clima! São todos muito simpáticos e conhecemos Jonathan, um dos mais novatos do hotel (trabalha no Grupo há 3 anos) e é um dos que pilota a balsa que funciona 24 horas por dia.

transamerica14

Este ícone da hotelaria de lazer no Brasil já existe há 25 anos e é conhecido por sediar muitos encontros e eventos corporativos, além de ser o refúgio perfeito para famílias que querem descansar e se divertir.

transamerica15

A área da piscina é a primeira grande impressão do hotel para quem chega pois fica logo atrás do restaurante principal que por sua vez está atrás da recepção. É um verdadeiro oásis bahiano.

trancoso1

A piscina traça um desenho que circula entre os jardins, se integrando perfeitamente ao projeto arquitetônico e paisagístico do hotel. A piscina central é climatizada em uma temperatura de 28 graus!!! O hotel disponibiliza diversos monitores e aulas de hidroginástica e dança são oferecidas aos mais animados.

transamerica4

Além desta, o hotel tem também uma piscina de padrão semiolímpico com raias para natação, uma cachoeira e um toboágua.

A praia em frente do hotel é tranquila e é o lugar ideal para quem quer curtir o “dolce far niente” no melhor estilo baiano com uma bela vista. (Na praia também tem serviço de bar).

transamérica3

Outro ambiente bem agradável para passear, ler, tomar um aperitivo ou simplesmente relaxar é o extenso gramado entre a área da piscina e a praia!  É um convite para uma pausa!

transamerica5

O hotel é perfeito para famílias pois são mais de 80 opções de lazer para todos os gostos e idades.  Na parte dos esportes aquáticos, os skis, wakeboards, jet skis, lanchas e pranchas de windsurfe são os que mais fazem sucesso entre os hóspedes. O Golf também é muito requisitado pelos amantes do esporte, com um campo de golf de 18 buracos espalhados em uma área de 220 mil m2.

Considerada uma das estações de ski mais chiques do mundo, Courchevel traz novidades para esta temporada de inverno como teleféricos flexíveis e exposições do brasileiro Romero Britto.

Além disso, o maior resort de esqui do mundo (com 600Km em pistas acessíveis) oferece as melhores condições possíveis para os amantes do esporte, desde pistas largas e impecáveis para iniciantes, até declines ou corredores para fãs de free-ride.

courchevel4

Para quem curte uma boa gastronomia, Courchevel é o único resort de esqui no mundo com 7 restaurantes no guia Michelin, totalizando doze estrelas!

Tem de tudo um pouco, são bistrôs, brasseries, creperias, italianos, pizzarias, restaurantes de ambiente, tradicionais e criativos, lanchonetes e muito mais.

courchevel3

Para uma proposta francesa, o La Cave des Cruex propõe um menu do tipobistrot/brasserie com especialidades regionais e produtos de qualidade, e um terraço com lareira e vista panorâmica sobre o 3 Vallées e o Mont Blanc.

Courchevel também tem atrações culturais como exposições de arte e entretenimento com mais de 230 atividades e eventos organizados ao longo da temporada de inverno, como a Copa do Mundo de Ski que acontece no resort pela quinta vez consecutiva. Todas as quartas-feiras, do final de dezembro ao início de março, a pista dos Verdons e seu Family Park ficam em modo “esqui noturno”. Para a ocasião, a pista fica aberta até às 20h quando diversas animações são organizadas no Park, ao ritmo e som dos DJ’s, e permitem a todos esquiar em um ambiente único.

courchevel2

Para o momento relax o destino oferece mais de 500 tipos de tratamento em seus spas. Para o final de 2015 está prevista a construção de um complexo aqualúdico de 10.500m². com piscinas para natação, surf e relaxamento, jacuzzis, saunas finlandesas e banhos turcos e a vapor.

courchevel1

Para quem não quer se arriscar no esqui, Courchevel também tem atrações culturais e programação para a família inteira.

courchevel5

Courchevel fica a aproximadamente duas horas de Genebra e dos aeroportos internacionais de Lyon, e tem um pequeno aeroporto, operante para pousos e decolagens o inverno todo, mesmo sob neve.

Para ver mais dicas de Courchevel clique aqui!

Por Charles Piriou 

A cidade luz é a capital cultural do mundo e abriga grandes museus. Basta uma hora para você ver a Mona Lisa no Louvre, mas há também vários pequenos museus escondidos e charmosos que valem a visita. Selecionamos aqui nossos preferidos…

Musée Zadkine

museo3

Próximo ao jardim do Luxembourg, o museu Zadkine abriga a casa e atelié onde o russo Ossip Zadkine vivia e trabalhava entre 1928 e 1967, com as obras mais representativas do trabalho do escultor que foi uma das figuras mais importantes da École de Paris. O trabalho do Zadkine testemunha uma liberdade e vitalidade sem fim.

Musée Cognacq Jay

museo2

O museu Cognacq-Jay reflete perfeitamente a atmosfera de uma casa parisiense no século das luzes. Há várias obras do século 18, como pinturas do Boucher, Chardin e Fragonard, desenhos do Watteau, várias esculturas, objetos preciosos e moveis de época. Ernest Cognacq e sua esposa Louise Jay, fundados do grande magazine La Samaritaine, doaram sua coleção para a cidade de Paris em 1928.

Musée Carnavalet

museo1

Localizado no coração do bairro histórico do Marais no centro de Paris, o museu Carnavalet é dedicado a história da cidade desde sua fundação até hoje. Aberto em 1880, o museu ocupa dos hotéis particulares do século 16 e 17. Num ambiente absolutamente deslumbrante de cultura, pode ver pinturas, esculturas e objetos de artes apresentadas num ambiente que reproduz as casa da nobreza parisiense do século 15 e 14.

Musée Bourdelle

museo3 museo4

No jardim e ateliês onde Antoine Bourdelle vivia e trabalhava, você pode descobrir mais de 500 tipos de gessosos e mármores diferentes. Aqui você penetra no universo do colaborador de Rodin, o mestre de Giacometti, Germaine Richier e de Vieira da Silva. O escultor foi autor da decoração do teatro dos Champs Elysées. A extensão contemporânea do museu foi idealizada por Christian de Portzamparc e dá uma dimensão especial a obra do Bourdelle.

Musée Gustavo Moreau

museo5

Longe dos grandes museus, aqui você visita exclusivamente a casa de um grande artista. No primeiro andar, há várias lembranças de famílias e objetos com valor sentimental. Contemple os 5000 desenhos expostos em painéis de madeira e admire pinturas esplêndidas.

Musée de Cluny

museo7

Passar pela porta do museu de Cluny é primeiramente descobrir dois edifícios excepcionais no coração de Paris. O primeiro foi construído no final do século 1 pelos romanos, o segundo foi construído no final do século 15 pela igreja. As obras reunidas aqui são diversas, como por exemplo as esculturas da cathédrale Notre Dame de Paris e os vitrais da Sainte-Chapelle. O jardim com inspiração medieval oferece também um ambiente ideal para terminar a visita…

Fondation Le Corbusier – Maison La Roche

museo6

Construídas pelo Le Corbusier em 1923, essas duas vilas são representativas da arquitetura dos anos 20 e são tombadas desde de 1996. A fundação acolhe a maior parte dos desenhos, estudos e plantas originais do Le Corbusier. Você somente pode visitar a Villa Roche, a outra villa Jeanneret é reservada para os escritórios e arquivos da fundação.

Bon Voyage !

Por Charles Piriou 

Confesso que desde que estou no Brasil, não troco a noite de reveillon em terras tupiniquins por nada no mundo. Gosto de passar a virada no Rio de Janeiro geralmente, e sentir a energia do mar e dos milhões de pessoas vestidas de branco em pleno verão tropical. Mas isso com certeza porque apesar de já me sentir brasileiro, continuo gringo e como todo gringo gosta de passar Réveillon num lugar diferente, aqui vão as minhas dicas exclusivas para quem escolher a cidade Luz para virar o ano com frio, sem fogos mas com elegance e glamour parisiense.

O MELHOR

Para quem pode passar em apartamento, a melhor opção mesmo é fazer compras gourmet dos sonhos na La Grande Épicerie de Paris, escolher uma(s) garrafas de vinhos excepcionais e organizar um jantar entre amigos para comemorar literalmente a francesa, comendo e bebendo confortavelmente instalado, e entre amigos.

reveillonemparis1

hwww.lagrandeepicerie.com

O PIOR

Se você gosta de muvuca, ou melhor de multidão, vá até a famosa Champs Elysées, não há fogos de artifícios por aqui mas as pessoas costumam se reunir na avenida mais famosa e visitada do mundo. Tome cuidado pois costuma ocorrer alguns problemas de segurança, eventuais brigas de embriagados e afins. Não será nossa dica de coração, mas quem nunca passou em Paris poderia eventualmente gostar de ver, mas não chega aos pés da energia brasileira.

reveillonemparis4

JANTAR NO TOPO

Virar o ano em grande estilo jantando no restaurante Jules Verne do famoso Chef Alain Ducasse para um ano novo inesquecível. O Chef Pascal Féraud preparou um menu especial com vinhos notáveis.

reveillonemparis2

Reservas & Informações : accueil.jv@lejulesverne-paris.com

www.lejulesverne-paris.com

JANTAR ANIMADO

O Alcazar está num endereço bem situado em Saint Germain des Prés, serve uma comida saborosa com preços corretos e tem sempre um ambiente festivo para suas noites de réveillon.

reveillonemparis3

Reservas : contact@alcazar.fr

62 Rue Mazarine, 75006 Paris

www.alcazar.fr

BALADA

YoYo é o novo clube badalado da capital francesa e reúne pessoas no mundo todo, artistas e afins. A noite de réveillon vai se animar com uma retrospectiva de 100 músicas que marcaram os 30 útimos anos, como Madonna, Prince, Michael Jackson entre outros.

reveillonemparis

Avenue du Président Wilson, 75116 Paris

Entrada : 59€

http://yoyo-paris.com

Paris não é a melhor cidade para se passar o Réveillon no mundo, mas há piores… Afinal de contas pouco importa quando estamos cercados de pessoas amadas e queridas.

Boas festas!