Receitas

DESTAQUES

POSTAGENS RECENTES

VER RESUMOS

A receita de hoje aqui do LeBlog é do Umas e Ostras, restaurante especializado em frutos do marque fica na Tijuca no Rio de Janeiro.

É uma sobremesa incrível com café!! Uma perfeita combinação pra quem ama doces ou café;)

 Voilà…

Novidade das boas para quem gosta de pão de queijo !!

A chef Heloisa Bacellar que comanda o Lá da Venda, e autora de vários livros acabou de criar misturas para de suas receitas para serem feitas em casa.

São 5 misturas, feitas com ingredientes naturais, 100% artesanais e orgânicos e já vem quase prontas para que qualquer pessoa possa fazer em casa.

Fui conhecer as novidades e adorei, o pão de queijo é delicioso, dá para fazer em casa do tamanho que quiser, no dia eles fizeram pequeninos. O bolo de chocolate é molhadinho e muito saboroso.

ladavenda

São cinco produtos: bolo de chocolate com pedacinhos de chocolate, bolo de limão, bolo de banana, pão de fubá e o seu premiado pão de queijo (que também pode ser encontrado na versão congelado).

helo1

Todos eles podem ser feitos em qualquer forno caseiro, até os elétricos; basta uma tigela, uma colher, uma caixinha de qualquer uma das misturas, água ou leite, dois ovos, e no caso do pão de queijo, o queijo firme ralado que tiver em casa. As receitas de bolo e pão de fubá trazem na embalagem uma forminha de madeira com outra de papel, que não precisa untar, é ideal para ir direto do forno para a mesa.

helo2

As misturas são 100% naturais, sem corantes, aromatizantes e conservantes artificiais. Os bolos e o pão de fubá são orgânicos, certificados pela ecocert, garantindo que o produto não passou por nenhum processo químico ou tenha tido contato com qualquer tipo de agratóxico. O pão de queijo é artesanal e só não é considerado orgânico porque o polvilho, ingrediente crucial na receita, ainda não é disponível nessa versão orgânica no Brasil.

Os produtos podem ser encontrados em algumas lojas da rede St Marche, no Lá da Venda da Vila Madalena e no quiosque do shopping JK.

 Tudo muito delicioso, provei e aprovei ! ;)

A receita de hoje aqui do LeBlog é especial para quem esta programando fazer um almoço de dia das mães em casa!

O bacalhau à brás, que combina perfeitamente com essa data vem do grupo de hotéis Pestana, que assim como a receita, também vem de Portugal!!

O prato será servido no domingo dia 10 em todas as unidades do Pestana no Brasil.

Voilà…

O Satay terminou em março a sua temporada especial pra amantes da comida Tailandesa. E para quem ama esse tipo de culinária, o chef Mauricio Santi compartilhou esta receita deliciosa de uma sobremesa que fez parte do seu menu especial.

satay2

Ingredientes para Cocada

300g de Coco em flocos integral desidratado

100ml de Leite de coco

500g de Açúcar de palma

Ingredientes para a Massa de Arroz

Farinha de arroz glutinoso

Água

Ingredientes para a Calda

120ml de Leite de coco

1 colher de sopa de Açúcar branco

1 colher de chá de Sal

Modo de Preparo:

Cocada

Numa panela, dispor o açúcar de Palma e o leite de coco, levar ao fogo até derreter o açúcar. Junte o coco em flocos e, em fogo brando, vá mexendo até cozinhar o coco. Ele irá perder a coloração esbranquiçada e ficar translúcido, não deve caramelizar. Durante esse processo pode ser necessário adicionar um pouco de água se a cocada estiver ficando muito seca, para não queimar e atingir o ponto correto. Demora 20 minutos aproximadamente, com coco seco. Também pode ser preparado com coco fresco, e nesse caso, o cozimento é mais rápido. Quando estiver no ponto, retire da panela e deixe esfriar um pouco. Com essa massa de cocada ainda quente, é hora de moldar bolinhas. Unte a mão com óleo para não grudar. Cada bolinha deve ter o tamanho de uma bola de gude (20 g aproximadamente). Devem possuir consistência firme e o coco ficar bem compacto depois de enrolado. Procure ser bem rápido nesse processo. Leve para a geladeira imediatamente, e resfrie até ficar bem dura.

Massa de Arroz

Essa massa é preparada com uma mistura aproximada de farinha de arroz glutinoso e água. Coloque a quanto baste farinha num bowl e vá colocando água e misturando, até a massa ficar homogênea o suficiente para moldar na bolinha da cocada. O ponto correto da massa é quando ela fica macia, lisa e consistente. Não pode ficar mole nem muito seca (com micro rachaduras), devendo ser ajustada com mais água ou mais farinha até dar o ponto. Reserve.

Calda

Misture o leite de coco, o açúcar branco e o sal, leve a uma panela e deixe homogeneizar e levantar fervura. Desligue e reserve.

Montagem

Conforme demonstração, abrir um disco na mão com a massa de arroz glutinoso. Colocar a bolinha de cocada no centro desse disco, juntar as pontas e ir fechando como um pastel. Em seguida, vá enrolando delicadamente com as mãos, até atingir espessura uniforme e superfície homogênea. Essa massa deve ter uma espessura de 0,5 cm sobre a cocada. Tal processo deve ser feito pouco antes de servir.

Finalização

Numa panela com água fervente, girar a água antes com uma concha, formando um redemoinho, para quando a bolinha for jogada, não grudar no fundo. Cozinhar as bolinhas nessa água, quando estiverem prontas elas vão subir. Já com a panela de calda em fogo baixo ao lado, escorra rapidamente as bolinhas, e delicadamente, pois nesse estágio elas são muito grudentas. Jogue-as na calda. Misture movimentando a panela (sem usar colher) delicadamente, de modo que a calda deverá envolver todas as bolinhas, o que faz parar de grudar. Sirva numa cumbuca, 4 bolinhas e um pouco de calda.
Essa receita rende 30 bolinhas (4 bolinhas por porção).

Rua Padre João Manuel, 1249 – Jardins - São Paulo

(11) 3068 0169