Gastronomia

POSTAGENS RECENTES

VER RESUMOS

Para  a coluna de vinhos deste mês a Decanter selecionou alguns vinhos Anselmo Mendes. Ele é considerado um dos mais talentosos enólogos de Portugal, e tem sob sua responsabilidade alguns dos melhores e mais afamados vinhos da região do Douro e do Minho (Vinhos Verdes).

A sua ligação sentimental com a Alvarinho, casta principal dos Vinhos Verdes, fez com que adquirisse uma pequena vinha colinar na zona de Monção, onde está produzindo e dignificando a casta do coração a níveis inimagináveis. Anselmo obteve o galardão máximo de “Enólogo do Ano” pela Revista de Vinhos, em 1997.

vinhos-fevereiro

Anselmo Mendes Muros Antigos Escolha 2016

Cor palha, reflexos esverdeados. Muito puro no nariz com citrinos, ervas e mineral. Ótima textura na boca, expansivo nos aromas de boca, fresco e muito persistente.

Anselmo Mendes Loureiro Muros Antigos 2016

Cor palha com tons esverdeados. O caráter da casta está bem marcado com citrinos, flor de laranjeira e pederneira. Mediano de corpo, com acidez graciosa, mineral e com ótima persistência.

Anselmo Mendes Alvarinho Muros Antigos 2016

Cor palha de média intensidade. Mostra os citrinos (lima, tangerina) em primeiro plano, algum fruto tropical (abacaxi) e mineralidade cativante. Cheio e cremoso, mas também tenso na acidez, final longo.

Para mais dicas de vinhos, clique aqui.

Mais um ciclo se encerra e com ele, muitas comemorações. Seja para deixar o que passou para trás ou celebrar as conquistas, um brinde feito com vinhos de qualidade sempre deixa o Natal e Ano novo mais completos! A Decanter compartilha com o LeBlog uma dica que é o Glen Carlou, um dos nomes certeiros na produção de vinhos sul-africanos dentro do vale de Paarl.

A propriedade foi adquirida pelo colecionador de arte suíço, Donald Hess, em 2003. Desde então, novos projetos começaram a ser desenvolvidos na parte de viticultura com seleção de porta-enxertos, novos clones e redução de rendimentos no intuito da máxima expressão do terroir. Na cantina a equipe do enólogo Arco Laarman, largamente experimentada em outras regiões vinícolas, está focada e atenta a elaborar vinhos que aliam a pureza e intensidade do Novo Mundo, com a complexidade e frescor dos caldos europeus.

GLEN CARLOU GRAND CLASSIQUE 2012

Utilizando o corte clássico de Bordeaux conseguiu reproduzir a classe da região francesa que somado à exuberância comum aos vinhos sul africanos resultou em um vinho maravilhosamente insólito!
dec-dezemb1

GLEN CARLOU SAUVIGNON BLANC 2014
Revela-se cítrico e tropical no nariz, herbáceo e mineral. Leve, suculento e perfeitamente balanceado.
dec-dezemb2

 

GLEN CARLOU SYRAH 2010
O aroma é complexo e potente, com frutas negras maduras, couro, especiarias doces (anis), chocolate e folhas de chá. Muito rico em boca, textura envolvente, taninos e frescor em perfeita integração. Longo final especiado.
dec-dezemb3

 

Para mais dicas de vinhos, clique aqui.

Hoje a Decanter traz para o LeBlog dicas de ótimos vinhos para apreciação imediata, vinhos que estão em seu auge, no melhor momento para serem consumidos.

Ótimas dicas para as festas de fim de ano!

Passe em uma loja Decanter ou compre pelo site!

Voilà…

 

decanternov

A coluna de hoje da Decanter traz algumas dicas de vinhos Marsalas. Para quem não conhece, este é um tipo de vinho fortifica produzido nos arredores de cidade que lhe dá nome, na Sicília, Itália. O produtor Curatolo Arini é o mais antigo produtor familiar deste vinho emblemático da Sicília e também o incrível Fazzoletto, um piemontês de estilo inigualável.

Curatolo Arini foi uma vinícola fundada em 1875 por um sonhador que desejava espalhar seus vinhos por todo o mundo, na época ainda um pequeno produtor. Foi um dos primeiros da região a exportar para EUA, América do Sul e Europa, concorrendo com gigantes exportadores de Marsala do momento.

decanter-outubro

Araldica Fazzoletto 2016

100% Barbera vinda de vinhedo nobre cujas uvas são colhidas tardiamente, parcialmente passificadas, tornando-o muito intenso,  saboroso e mais rico em antioxidantes.

Enólogo Claudio Manera: “Graças às maravilhosas condições da região, consegui fazer este novo estilo de Barbera mais concentrado e também marcado pelo caráter varietal, por isso tem intensos sabores de cerejas e framboesas maduras, sem perder a tipicidade da Barbera no paladar e aptidão para a gastronomia.”

Curatolo Arini Marsala Fine Semisecco

Delicioso para aperitivar com amêndoas, nozes, azeitonas e damascos secos; foie gras em diversas preparações; queijo curados. Passou 2 anos em grandes tonéis de carvalho da Eslavônia de 50.000 litros. Fantástica relação qualidade-preço!!

Curatolo Arini Marsala Superiore Dry

Esplêndido! Delicioso para aperitivar com amêndoas, nozes, azeitonas e damascos secos; Brioche com patê de foie gras; Cogumelos estufados com alho e salsinha picada; Linguiça de javali defumada, finamente fatiada; queijo curados.

Para mais dicas de vinhos, clique aqui.