Gastronomia

DESTAQUES

POSTAGENS RECENTES

VER RESUMOS

O LeBlog conversou com Giovanna Paternò, chef do restaurante e mozzarella bar Olea. O lugar é especializado na culinária ítalo-mediterrânea e já é conhecido point dos paulistanos. Fica em uma casa na Rua Joaquim Antunes que lembra uma pequena vila da Toscana.

O forte do menu é a ilha de saladas com diversos ingredientes frescos, inclusive as famosas mozzarellas italianas, além dos pratos quentes servidos em esquema de buffet durante o almoço e a la carte no jantar.

Uma curiosidade? O nome do estabelecimento foi ideia de um dos sócios, vem do latim “olea europea” e é nome cientifico da oliveira. Em homenagem, os proprietários trouxeram duas mudas da árvore da Itália e plantaram por lá.

A seguir, confira o bate papo.

Este domingo 14/12, Charles Piriou (colunista aqui do LeBlog) e o chef Thiago Medeiros, idealizadores da S Simplesmente, promovem o primeiro S Sun Day!

Um dia para saborear, sentir e celebrar. O evento, que acontecerá no espaço da cozinha da S Simplesmente na Vila Madalena, contará degustação e venda dos produtos da marca, degustação de chocolates AMMA e uma feira de produtos orgânicos.

É uma super dica quem quer fazer um programa diferente, provar coisinhas gostosas e naturais!

Voilà…

Rua Mourato Coelho, 1008 – Vila Madalena – São Paulo

14/12 – horário: das 11h às 20h

Hoje é dia de coluna de vinhos by Decanter aqui no LeBlog. E como esta já é a última do ano, vamos dar dicas de vinhos para harmonizar com a ceia de Natal ou Reveillon.

O sommelier Igor Maia da Decanter preparou uma seleção com várias opções de vinhos de acordo com alguns dos pratos mais servidos na data.

Lembrando que os vinhos também podem ser comprados pelo site da Decanter.

Clique aqui para ver mais sugestões de vinhos.

Voilà…

Peru

A carne delicada e quase doce do peru pede tintos suaves, com taninos amáveis como um bom Pinot Noir

vinhosdezembro

Glen Carlou Pinot Noir R$90,40

Craggy Range Te Muna Road Pinot Noir R$232,50

Leitão assado

O leve sabor a caça e o maior teor de gordura dessa carne agradece tintos de corpo, com taninos importantes!

vinhosdezembro1

Quinta de Foz de Arouce R$117

Mas de Mas Corbières R$89,10

Bacalhau ao forno

O Bacalhau é muito versátil, vai bem com brancos, rosados e tintos. O importante é que não sejam demasiado encorpados!

vinhosdezembro2

Viña Alicia Tiara R$163, 40

Lafou El Sender R$93,45

Cordeiro

Uma carne de sabor pronunciado e certa gordura pede tintos encorpados, ricos em taninos. Nada um Tannat tão elegante como do lendário produtor Alain Brumont ou o extremamente consistente Cabernet da De Martino.

vinhosdezembro3

Ch Bouscasse R$135,95

De Martino Gran Reserva Legado Cabernet S. R$83,70

Rabanada

Aqui uma harmonia espetacular seja com vinhos de colheita tardia ou com o sedutor Moscatel de Setúbal. Casamento por afinidade de doçuras e com acidez suficiente, nos dois vinhos, para não deixar cansar!

vinhosdezembro4

De Martino Sémillon Late Harvest R$80,30

José Maria da Fonseca Alambre Moscatel de Setúbal 2008 R$76

Panettone | Colomba Pascal | Stollen

Sobremesas tradicionais, não muito intensas de sabor, pedem vinhos de mesmo perfil. Os espumantes doces aqui brilham bastante.

vinhosdezembro5

Araldica Asti

Barnaut Cuvée Douceur

Tim tim!!!

Para visitar o site da Decanter clique aqui

Se for dirigir não beba!

Decanter São Paulo: R. Joaquim Floriano, 838 – Itaim Bibi / Tel: (11) 3702-2020

 

O LeBlog bateu um papo com o chef David Herrebrecht, dono do Villa Corsica, charmoso bistrô na rua Oscar Freire inspirado na cozinha Córsega, região mediterrânea da Itália.

O chef divide o comando do local com sua mulher, Elisa Milelli. O casal gerenciou por 13 anos o La Petite Retonde, conhecido restaurante de Paris.

Para David, os franceses são mais curiosos e abertos a novas degustações. Já os brasileiros não tem muita curiosidade e sentem medo de experimentar algo novo. Situação que fez o chef até trocar certos pratos do menu.

A seguir, confira a conversa.

Como descobriu sua paixão por gastronomia?

Sempre estive envolvido com a culinária. Desde pequeno passava horas cozinhando com meus familiares, pois é uma tradição cozinhar em casa.

Por que decidiu abrir um restaurante inspirado em comida Córsega?