Viagens

O post de hoje aqui do LeBlog é sobre um dia em Nusa Penida saindo de Bali. Quem fez esta matéria foi a mais nova colunista do LeBlog Larissa Baptista. Larissa é advogada mas ama a Ásia e tem várias dicas boas do destino. Este é o primeiro de uma série de posts que ela vai assinar para o LeBlog! Espero que gostem!

Larissa Baptista em

Larissa Baptista em Kelingking Beach

Nusa Penida é a maior das três ilhas localizadas ao sudeste da costa de Bali (as demais ilhas vizinhas são Nusa Lembongan e Nusa Ceningan) e apesar de estar próxima de Bali, ainda não é tão explorada pelos turistas.

Para quem não tem muito tempo e está hospedado em Bali, é possível conhecer os principais pontos turísticos de Nusa Penida em um dia, sem precisar se hospedar na ilha; foi o que fizemos e eu altamente recomendo, foi um dos pontos altos da viagem e onde estão algumas das paisagens mais bonitas da Indonésia.
Em Bali existem diversas empresas de turismo que oferecem passeios à Nusa Penida com preços semelhantes, é só reservar com um dia de antecedência. A reserva funciona quase de modo informal, paga-se uma parte do preço (uma entrada) e o restante no Porto em Sanur. Alguns passeios incluem já o tour terrestre, outros paradas para fazer snorkeling, mas esses pacotes são mais caros do que fazendo por conta própria e na minha opinião e ainda te dá menos liberdade para passar o tempo que quiser em cada destino. O valor do tour completo incluindo a parte terrestre em Nusa Penida sairia por Rp 1.200.000 (cerca de US$ 90,00) por pessoa, enquanto comprando apenas a ida e volta de barco e contratando um motorista direto em Nusa Penida saiu por Rp 850.000 (cerca de US$ 63) por pessoa.

Broken Beach

Broken Beach

Nosso tour foi por Rp 600.000 (cerca de US$ 45,00) por pessoa e incluiu o seguinte: nos pegar no hotel em Seminyak e levar até o Porto de Sanur + barco ida e volta para Nusa Penida + nos levar do porto em Sanur até o hotel. Já adianto que não vale a pena ir até o porto de Sanur e comprar o traslado de barco lá porque o preço é o mesmo do cobrado nas agências (leia-se quiosques de turismo espalhados pelas ruas), então ao fazer isso ainda deve ser considerado o transporte entre a hospedagem e o Porto em Sanur, o que não é simples em Bali. Os preços entre uma empresa e outra não são muito diferentes e os “quiosques de turismo” vendem tours de várias empresas, então também não vale a pena perder tempo pesquisando preço nas bancas de turismo.

Porto

Porto

Saímos às 6:30 do hotel em Semyniak (o horário depende de onde se está hospedado); de Semyniak até o Porto em Sanur são aproximadamente 18 km e cerca de 40 minutos de carro. Chegamos cedo e o barco saiu de Sanur com os passageiros às 8:30 e chegou no Porto em Nusa Penida após 30 minutos. A viagem é bem tranquila.
também não vale a pena perder tempo pesquisando preço nas bancas de turismo.

Chegando em Nusa Penida quem fecha o tour completo nas agencias já tem um barco esperando para os que optaram por passeio com snorkeling ou vans para quem comprou o passeio já com o tour terrestre incluso. Mas para quem, como nós, não fechou nenhum passeio, logo onde os barcos ficam ancorados já existem várias pessoas oferecendo aluguel de moto ou carro com motorista.

Sem nenhum exagero, as estradas que levam para os principais pontos turísticos do “west tour” são MUITO ruins. Especialmente quando chove as estradas – que não são asfaltadas na maior parte do caminho – ficam ainda piores. Antes de chegar estávamos cogitando a possibilidade de alugar uma scooter mesmo, mas no dia anterior choveu muito por isso resolvemos não correr o risco. Foi a melhor coisa que fizemos, quem estava de scooter acabou perdendo MUITO tempo nos deslocamentos, sem contar que choveu no dia, para piorar a situação. No final do dia um alemão estava todo enfaixado porque caiu da moto. O preço do aluguel de uma moto para o dia inteiro é de cerca de Rp 70.000,00.

O preço do carro com motorista durante todo o dia todo foi Rp 500.000 (US$ 37,00); vale tentar pechinchar o valor. Os carros são todos muito bons: quatro por quatro e com ar condicionado.

Todos os tours, assim como todos que estão andando por conta própria vão exatamente para os mesmos lugares: Angel´s Billabong, Broken Beach (um ao lado do outro), depois para Kelingking Beach e por fim para a praia Cristal Bay.

Larissa Baptista e Rafael Baki em Broken Beach

Larissa Baptista e Rafael Baki em Broken Beach

Angel´s Billabong, Broken Beach

Angel´s Billabong e Broken Beach vistos do drone

Angel´s Billabong

Angel´s Billabong

Ainda é possível descer em Kelingking Beach (quem está de moto dificilmente conseguiria descer para a praia e ainda conhecer tudo com calma, porque leva-se bastante tempo nos deslocamentos). Não descemos até a praia porque o tempo não estava muito bom e também já por causa do horário.

Kelingking Beach

Kelingking Beach

Cristal Bay, acaba sendo o lugar menos interessante; é uma praia bem bonita, mas deixa muito a desejar quando comparada com os três principais pontos da ilha.

Cristal Bay

Cristal Bay

O último barco saindo de Nusa Penida para Sanur é às 16:30. Pegamos esse último barco e em 30 minutos estávamos em Sanur. Nossa van chegou no hotel às 18 h.

Em Nusa Penida não tem muitos restaurantes, apenas pequenos mercadinhos espalhados e poucos restaurantes com comida local, por isso é recomendável levar água e lanchinhos. Nos só fomos almoçar em Bali.

Ainda não sei porque tanta gente vai a Bali e deixa de conhecer Nusa Penida, que tem as mais incríveis paisagens da região. A opção oferecida pelas “barraquinhas de turismo” de  pegar e deixar no hotel é bem confortável já que se locomover em Bali é o grande problema da ilha.

Sem dúvida nenhuma Nusa Penida é um passeio imperdível para quem vai à Bali.

Clique aqui para ver mais dicas de viagens!