Bem Estar

Com o verão se aproximando, os assuntos sobre dieta começam a ser cada vez mais frequentes. Mas além de evitar regimes severos e impossíveis de manter, é preciso encontrar o equilíbrio e a melhor dieta para cada pessoa.

Por isso, na coluna de saúde de hoje aqui no LeBlog o Dr. Otávio Gebara, diretor de Cardiologia do Hospital Santa Paula da boas dicas para começar uma dieta ou uma vida mais saudável.

Cada um tem um organismo e um estilo de vida diferentes, e procurar por algo sustentável é sempre a melhor opção! A verdade é que a dieta que mais emagrece é aquela que reduz mais o componente total de calorias. Quando é muito radical, ela é insustentável no longo prazo e o efeito “sanfona” aparece. O segredo está no balanceamento dos alimentos e nas quantidades reduzidas. Nada deve ser proibido! A dieta do mediterrâneo (frutas, legumes e verduras, peixes, azeite e até carnes em pequenas quantidades são permitidas) é a melhor e a mais divertida. Os estudos científicos mais sérios apontam ela com a melhor para a sua saúde.

Confira as dicas práticas do especialista:

1- Evitar ao máximo ingerir doces.

2- Cortar o carboidrato simples e apenas reduzir o bom: O refinado (presente no pão branco, nos biscoitos e no arroz branco) e o simples (como açúcar e mel) são campeões em aumentar sua fome, e por isso devem ser evitados. Aqueles presentes em alimentos integrais devem ser apenas reduzidos. Vários estudos demonstram que reduzir radicalmente os carboidratos pode levar a sintomas de perda de energia, capacidade de trabalho e até depressão.

3- Pensar no que está comendo e não comer mecanicamente (na frente da TV ou computador por exemplo). Os franceses e italianos são um exemplo para nós, pois dedicam tempo de qualidade a suas refeições, e apesar de ingerirem dietas bem calóricas, tem um índice de obesidade e doenças cardiovasculares bem menor do que americanos e brasileiros.

4- Reduzir o álcool. Alguns estudos mostram que apenas a eliminação da bebida alcoólica  pode levar a perda de até 2 Kg em 30 dias.

5- Sempre consultar um nutricionista antes de aderir a qualquer a qualquer dieta. Só um profissional poderá avaliar sua saúde e indicar a melhor opção, personalizada para você.

A dieta ideal é aquela que não é muito restritiva, funcionando como uma reeducação alimentar, permitindo a manutenção do peso. Além disso, ter como aliada a atividade física é imprescindível.
Não há problema nenhum em buscar o físico que se deseja, para o verão ou para a vida, mas padrões inalcançáveis não são saudáveis para a autoestima, trazendo somente frustração e descontentamento com a própria imagem. Devemos ter o foco em sermos a melhor versão de nós mesmos, competindo não com as outras pessoas, mas superando nossos próprios limites!

Para mais dicas do Hospital Santa Paula, clique aqui.